Chablis – Tudo que você precisa saber sobre esse vinho especial

Antes de tudo, mais que um vinho branco francês, Chablis é uma região no norte da Borgonha. Curiosamente ela faz parte da Borgonha sem ser contígua à Cote d’Or, onde são feitos a grande maioria dos vinhos da região – formando uma espécie de ilha que orbita as famosas Cotes de Nuits e Cotes de Beaune. Em Chablis se produz […]

Antes de tudo, mais que um vinho branco francês, Chablis é uma região no norte da Borgonha. Curiosamente ela faz parte da Borgonha sem ser contígua à Cote d’Or, onde são feitos a grande maioria dos vinhos da região – formando uma espécie de ilha que orbita as famosas Cotes de Nuits e Cotes de Beaune. Em Chablis se produz vinhos especiais feitos com uvas Chardonnay, que é aliás, a quinta uva mais plantada para produção de vinhos no mundo.

Mas o Chablis, diferente dos outros vinhos feitos a partir dessa uva, raramente amadurece em barris de carvalho. Por causa disso, não possuem sabores amanteigados, normalmente associados aos vinhos Chardonnay, além de serem menos frutados. Ou seja, apesar da uva comum, o clima, o solo, os métodos de plantio e maturação fazem com que os vinhos de Chablis sejam únicos.

Os vinhos de Chablis são brancos bem secos que possuem como características principais a pureza, acidez e mineralidade. Sobretudo, possui aromas de flores brancas que se misturam aos das frutas cítricas, sobre uma base mineral. Segundo os especialistas franceses, a nota mais característica remete a “pierre à fusil” (aquele cheirinho de pedra de isqueiro que sai ainda mais forte quando o isqueiro falha, junto com aquela fumacinha esbranquiçada) e um toque de salinidade.

O Terroir

As características singulares do Chablis são reflexo das características da região. De tal forma que os Chablis são um dos vinhos que mais ajudam a entender o conceito de “terroir”, e também como as escolhas do vinicultor impactam no resultado final do vinho.

A pequena região de Chablis, possui clima semi-continental, com invernos rigorosos e verões por vezes quentes. Esse clima explica a acidez equilibrada do vinho. Acima de tudo, o segredo mais importante é o solo Kimmeridgiano, formado há coisa de 150 milões de anos, época em que Chablis era recoberta pelo mar. Isso explica os solos ricos em calcário e fósseis marinhos (que não poderiam ter chegado lá voando 🙂  Pensando nessa formação, fica fácil entender a mineralidade e salinidade aos vinhos.

A região é dividida em quatro AOCs (Appellation d’Origine Contrôlée) que saindo da mais simples para a mais sofisticada são: Petit Chablis, Chablis, Chablis Premier Cru e Chablis Grand Cru. Grosso modo, a medida que nos movimentando para o topo da pirâmide os vinhos tendem a ficar menos leves, menos ácidos, mais complexos e oleosos. Isso porque os vinhedos de Chablis Premier Cru e especialmente Grand Cru tendem a ter melhor exposição ao sol.

Harmonização

A harmonização clássica do Chablis é com ostras, mas as possibilidades são amplas. Outras preparações com mariscos e moluscos sempre funcionam bem. Aliás, é um vinho perfeito para acompanhar aperitivos e funciona perfeitamente no verão, com saladas e quiches ou uma coleção de canapés. Eu, particularmente, adoro as versões mais ácidas de chablis com uma bela salada de chevre chaud, que consiste basicamente em folhas com uma boa porção de queijo de cabra gratinado.

As características principais do Chablis, sua mineralidade e acidez, fazem com que ele harmonize com peixes crus e sushi. Igualmente nos pratos internacionais, os Chablis mais encorpados vão bem com pratos da culinária indiana e diversas preparações de curry.

A profundidade do Chablis realça os sabores de queijos como Emmental, Comté e Beaufort. Em contrapartida, os Petit Chablis vão muito bem com Gouda ou Gruyère.

Os Chablis Premier ou Grand Crus, mais complexos, são a pedida ideal para fois gras, lagostas ou molhos com cogumelos.

Por fim, quando for pensar em temperos, prefira ervas frescas e pimenta do reino branca. No geral, melhor evitar pratos muito apimentados.

 

Compre seu vinho Chablis na Porto di Vino

Chablis Lamblin & Fils

Chablis AOC Lamblin & Fils

O Chablis Lamblin & Fils é lançamento na Porto di Vino e no Brasil. Acaba de ganhar 90 pontos na Wine Enthusiast! Um vinho com aromas de flores brancas e delicadas frutas cítricas, é envelhecido em tanques de aço inoxidável para preservar as características originais de Chablis. Possui nuances frutadas e um final mineral. A Maison Lamblin & Fils é um dos Domaines mais antigos da região, com registros desde 1690.

Compre aqui.

Les Chanoines

Chablis Les Chanoines

O Domaine Laroche produz Chablis desde 1850. Michel Laroche, considerado “o rei do Chablis”, transformou seus rótulos em um dos mais conhecidos da região. É um vinho incrível, com aromas de frutas brancas e frescas. Uma escolha perfeita para acompanhar frutos do mar.

Compre aqui.

Bourgogne Blanc Chardonnay Lamblin & Fils

Bourgogne Blanc Chardonnay Lamblin & Fils

Uma opção mais em conta, mas ainda sim excelente. O Bourgogne Blanc é um Chardonnay feito pelo Domaine Lamblin & Fils, especialistas em Chablis. Um vinho versátil e muito elegante.

Compre aqui.

Saúde!